Hambúrguer de Minhoca do Mc Donald’s

Esse deve ser o post mais sugerido de todos os tempos.

O mito de que os hambúrgueres do Mc Donald’s seriam feitos de carne de minhoca é muito antigo, iniciado na década de 70 nos EUA. Apesar de o próprio Mc Donald’s já ter dado um milhão de esclarecimentos e mostrado vídeos como este para mostrar quem são seus fornecedores, ainda há pessoas que acreditam  nesse mito nos dias de hoje (e, pior, reproduzem). E ele vai adquirindo cada vez mais alegorias: minhocas geneticamente modificadas, alimentadas por tubos, etc. Veja a seguir um exemplo de texto encontrado na internet:

<< Há alguns anos, fiz um curso em uma cidade vizinha à minha e conheci um cara. Como o curso era em período integral, alugamos uma casa, eu, este camarada e mais dois colegas. Conversando sobre o que cada um fazia, ele me disse que criava minhoca. Até aí tudo bem. Sei que a minhocultura é uma atividade até comum no interior. Caí de costas quando ele me disse que criava minhoca para o Mc Donald’s. Ele me explicou como é o processo. Não se trata da minhoca propriamente dita: Depois de um processo de higienização, ela é sêca e moída, formando uma farinha – Extrato Proteico, que contém mais de 90% de proteína pura. É adicionado ao hamburguer, pois, por exigência de órgão de vigilância sanitária, este produto deve conter níveis mínimos de nutrientes e é aí que entra o extrato proteíco, ou, farinha de minhoca. >>

 


Ok, vamos lá. Realmente a cultura de minhocas é mais comum do que se imagina, sendo o produto muito utilizado na pesca (seja industrial ou doméstica) e na fabricação de rações, principalmente para aves e peixes. O autor também acertou ao dizer que é um produto de excelente valor proteico. Felizmente, as verdades acabam aí: a maioria dos hambúrgueres do Mc Donald’s, como eles próprios indicam nas embalagens, é feito de 100% de carne bovina. Tirando os de frango e os de peixe – é claro.

Para começar, gostaria de lembrar que declarações falsas sobre os ingredientes não são permitidos pela legislação brasileira, seja nas embalagens ou na publicidade do produto. Portanto, se realmente houvesse uma falsa alegação, a empresa já teria sido autuada e forçada a removê-la, ou então a se adequar para tornar a informação verídica. Nesse contexto, muitas pessoas podem pensar que o hambúrguer antigamente fosse feito de carne de minhoca e, depois, substituído por carne bovina por causa da descoberta e da repercussão da estória. Mas não é bem assim.

Como toda grande empresa, o Mc Donald’s tem apenas um objetivo: lucrar. Para vocês entenderem: atualmente, uma das Mc Ofertas (combo com refrigerante e fritas) mais caras – o Mc Angus Bacon – custa em torno de R$21,00. Ele contém 2 hambúrguers de 100g cada. Em comparação, eu pesquisei na internet (vide fontes no fim do post) o produto farinha de minhoca: trata-se da carne do invertebrado separada, higienizada, moída e desidratada – você pode adquirí-lo pela bagatela de R$50,00 um potinho de 250g. Ou seja, se fôssemos fazer 200g de hambúrguer de minhoca, só a carne já custaria R$40,00! Isso sem contar o resto do sanduíche (pão, legumes, queijo, bacon, molho), a bebida e a batata. Fica fácil de perceber como é inviável economicamente vender hambúrgueres de minhoca numa rede de fast-food. Por outro lado, um quilo de carne bovina de segunda, moída, custa menos de R$15,00 e dá para fazer 5 lanches com 200g de hambúrguer cada.

Para ser justo, já existiram casos pelo mundo de pessoas que encontraram invertebrados nos lanches do Mc Donald’s, mas isso não tem nada a ver com a carne nem com minhocas. Trata-se larvas de insetos, geralmente parasitas de verduras como o alface, às vezes confundidos erroneamente com vermes (worms, em inglês, mesma palavra utilizada para minhocas – daí a confusão). Esses casos demonstram falta de seleção e higienização correta dos vegetais no estabelecimento, e o consumidor deve sim devolver o lanche e pedir uma retratação da empresa nessa situação específica. (Não irei comentar aqui sobre outros casos onde se alegaram terem sido encontrados animais como ratos, baratas ou cabeças de frangos, para não fugir ao tema).

Existe também uma nova versão do mito que alega que o Mc Donald’s utiliza bois criados em laboratórios: cegos, sem pelos nem patas, e desossados, alimentados por tubos (portanto, parecendo grandes minhocas). Não preciso nem comentar sobre como seria caríssimo manter um sistema desse funcionando, principalmente na escala e na velocidade em que o Mc Donald’s precisaria. Além disso, o Mc Donald’s é apenas uma lanchonete, eles não têm criação de gado e nem sequer produzem os hambúrgueres. No Brasil, os hambúrgueres são fornecidos principalmente pela Braslo (exclusivo) e grandes frigoríficos, como a BRF (dona da Sadia e da Perdigão). Lembrando, mais uma vez, que todas essas empresas são certificadas pelo SIF e devem seguir à risca a legislação regulatória do MAPA.

Conforme eu expliquei no post sobre a salsicha, as partes mais nobres dos bois são vendidas como peças; logo, o que vai compor o hambúrguer é sim carne de segunda (levemente mais nobre que a da salsicha). Mas podem ficar tranquilos, essa carne é completamente segura e não vem de um boi mutante, muito menos de minhocas. Se quiserem um bom motivo para ficarem longe do Mc Donald’s, a última frase deste post  pode dar algumas ideias.

 

Fontes:

 

spacer

21 comments on “Hambúrguer de Minhoca do Mc Donald’s

  1. Pingback: Nuggets Feitos de Meleca Rosa | Alimentando a Discussão

  2. Pingback: Mc Donald's x Jamie Oliver | Alimentando a Discussão

  3. Juliane Dias

    Olá Pedro, entre em contato comigo. Sou a editora-chefe do blog Food Safety Brazil e se estiver interessado, podemos fazer uma entrevista.

  4. Pingback: Jujubas de Carne | Alimentando a Discussão

  5. Pingback: Nuggets Feitos de Meleca Rosa | Alimentando a Discussão

  6. pedromenchik

    De nada, João!
    Fique à vontade para perguntar qualquer dúvida que você tenha em relação à produção de alimentos.

  7. João Pedro

    Muito interessante esse tópico mas me explica só uma coisa. O hambúrguer do Mac Donald’s não é feito de minhoca, ou pelo menos não todo, mas eles podem botar nem que fosse um minimo dessa massa cara(massa de minhoca) nos hambúrgueres para atingir os valores nutricionais requerida pela legislação. Primeiro se eles colocassem apenas carne bovina o hambúrguer não atingiria o peso cujo oferecem(100g), segundo que ai então a farinha não ficaria tão cara pois poderiam usar em muitos hambúrgueres e terceiro que a farinha de minhoca não pesa muito, logo eles poderiam usa-la apenas como um complemento ao hambúrguer(como não poderiam fazer o hambúrguer apenas disso pois não atingiria o o peso informado).
    Me explique isso por favor para eu me convencer totalmente que oque eu como quando volto do trabalho não é carne bovina com minhocas.

    1. pedromenchik

      João, a resposta é simples: para quê eu vou adicionar um produto mais caro, mesmo que em pequena quantidade, se eu posso atingir o valor proteico requerido com a própria matéria-prima?Carne bovina de segunda, por menos nobre que seja, ainda é carne e contém alto teor de proteína. Ou seja, é mais barato fazer um hambúrguer de 100g dessa carne do que de 98g dela + 2g de minhoca, ou qualquer outra proporção que você queira.
      Quer uma opção ainda mais barata para se atingir os requisitos? Adicionar proteína de soja – largamente produzida do país.
      Em qualquer cenário, a carne de minhoca é desvantajosa do ponto de vista econômico e logístico, e as alternativas para se atingir o peso ou os requisitos nutricionais são muitas.

      1. João Pedro

        Obrigado por me responder, você realmente me convenceu. Agora tenho certeza que o Mac Donald’s não usa minhocas.

  8. Pingback: Hambúrguer Feito de Fezes Humanas | Alimentando a discussão

  9. pedromenchik

    Rê, caso os hambúrgueres tivessem que ser adicionados de alguma coisa para atingir a % de proteínas requerida pela legislação, jamais seria extrato de minhoca, já que essa fonte proteica é expressivamente mais cara que a própria carne bovina (principalmente a de segunda), o que inviabiliza o processo financeiramente. O que algumas empresas fazem, nesses casos, é utilizar proteínas mais baratas que as de origem animal, como a de soja, para baratear o custo do produto sem ficar fora da legislação.

  10. Cara, lógico que um hambúrguer não seria feito apenas de carne de minhoca, o extrato proteico seria apenas utilizado para se alcançar o valor mínimo de nutrientes exigidos pelos órgão de vigilancia alimentícia.

  11. Queiroz

    Pedro, você deve estar mesmo errado, afinal você usar argumentos contra percepções

    1. Juan Pablo

      Argumentos podem estar errados, assim como percepções.

  12. pedromenchik

    Ok, vamos por partes:

    Eu não sou especialista em cultura de minhocas, mas acho que se houvesse no Brasil uma produção em escala imensa, capaz de não somente atender a demanda do Mc Donald’s como também reduzir em mais de 90% o preço que eu pesquisei (conforme sua sugestão), seria mais comum encontrarmos grandes fazendas de minhocas por ai, não acha? Em comparação, praticamente todas as pessoas conhecem e têm contato com vários produtores de carne bovina. E é fato que o Brasil é um dos maiores produtores desse animal, o que atende à demanda da rede de lanchonetes e ainda gera concorrência, reduzindo os preços.

    Eu lamento que você tenha passado por situações de empresas que não seguem a legislação, mas tenha em mente que muitas vezes isso só gera mais prejuízo: quando existe algum problema grave de não-conformidade, a empresa é obrigada e fazer recalls e/ou tem sua imagem destruída, o que pode fazer com que perca milhões (vide caso recente do suco Ades).

    Concordo que cada país acaba tendo produtos diferenciados por conta de questões culturais e geográficas. Entretanto, padrões de qualidade e identidade não querem dizer ter exatamente o mesmo portfólio de produtos. Quando vamos ao Mc Donald’s em qualquer lugar do mundo sabemos exatamente o que esperar: sanduíches populares, pouco sofisticados e de paladar razoável, podendo ser acompanhados de batatas e refri. É uma refeição rápida, segura (não há que correr os riscos de uma gastronomia desconehcia), prática de comer e com preço razoável. Nenhum produto é excepcional, mas todos tem uma qualidade mínima (higiene, sensorial) aceitável. Temos ainda as identidades das embalagens, do marketing, da maneira de atendimento, etc. E, a propósito, já vi versões do Cheddar Mc Melt em pelo menos 5 países diferentes; e o Big Mac, em todos que eu já visitei.

    Conforme eu disse no post, eles utilizam carne de segunda. Geralmente, para hambúrgueres em larga escala, é de pescoço, cabeça e patas. Essa carne pode não ser nobre como o bife que você come em sua casa (senão seria vendida assim, e não moída e processada), mas é completamente segura e barata: por isso que o Mc Donald’s e outras empresas a utilizam.

    1. Juan Pablo

      “Fazendas” de criações de minhocas são bem populares no Brasil e existem a rodo, não é porque não está no google que não exista.

      Sobre empresa seguir legislação no Brasil, ainda falo que você tem uma visão muito romântica do mercado brasileiro. Casos como Ades, Toddynho e etc…são poucos os que vão para mídia, e quem trabalha na corrupta Anvisa, ou quem já teve que pagar propinas para eles, sabe muito bem disso.

      Já sobre o Mc, o seu comentario foi:

      “É uma refeição rápida, segura (não há que correr os riscos de uma gastronomia desconehcia), prática de comer e com preço razoável. Nenhum produto é excepcional, mas todos tem uma qualidade mínima (higiene, sensorial) aceitável”

      Sugiro que vá até a India, China e outros países da Ásia. Lá o lanche muitas vezes é acompanhado por chá (isso, chá) e não há muitos lanches parecidos com o do ocidente e a higiene, nem preciso comentar (já vi ratos saindo de uma lanchonete

      O ponto aqui é outro, não minhoca ou carne de boi, mas sim a inocência em acreditar que empresas grandes seguem de fato leis, e/ou padrões. Isso é uma farsa publicitária. Claro que não são EXTREMAMENTE corruptos, mas há diversos pontos neles que provam que o que importa é o Lucro, e o que puder ser feito para que isso seja maximizado, isso será feito.

      Vamos colocar que o Mc use carne bovina, mas qual é qualidade dessa carne? Será uma carne que comeríamos de fato?

      Bem, eu não sei. Eu ainda não acredito que eles usem 100% carne bovina e que o preparo da comida é confiável.

      AInda mais em modelos franqueados, o qual a qualidade fica nas mãos do franqueado que é inspecionado poucas vvezes no ano.

      Lembro aqui do caso do rato encontrado na casquinha de um Mc, você lembra desse caso? Na época não foi noticia, mas foi um viral na internet. ALém da lesma no subway e por ae vai…

      1. pedromenchik

        Bom Juan, meu post teve justamente a finalidade de esclarecer a lenda urbana de que a carne dos hambúrgueres do Mc Donald’s seria proveniente de minhocas, quando na verdade é de bovinos. Sou engenheiro de alimentos graduado pela Unicamp; se meus argumentos e referências até aqui não conseguiram te convencer, infelizmente acredito que não haja nada mais que eu possa fazer para que você mude de ideia.
        Por isso, não vou ficar discutindo aqui com você sobre corrupção, contaminação por roedores ou a possibilidade de se pedir um lanche acompanhado chá na Índia, já que isso não tem nada a ver com o tema e só irá gerar um debate infinito (e competitivo) entre nós.

  13. Juan Pablo

    Bem pedro, vamos lá:
    Não há uma fonte que eu possa te dar em relação ao preço da farinha, pois (como disse) em uma compra de escala você consegue negociar melhores preços, abaixo dos 20% mencionados, assim deixando o preço da “farinha” similar ao da carne.

    Como disse anteriormente o Mc não segue a legislação, como muitas outras empresas não seguem. Isso é um fato! Eu trabalhei durante muitos anos em uma empresa do ramo e sei muito bem como funciona, propinas, vista grossa e etc…Não duvido do seu causo, mas para manter uma estrutura de custo mais baixa e aumentar a margem empresas fazem de tudo, afinal…como voce disse, eles querem LUCRAR!

    Outro erro seu é falar que o Mc segue padrões de identidade internacional, o Mc tem como politica de cadeia produtiva e marketing se adaptar. Por exemplo produtos diferentes por paises (aproveitando ingredientes, modelagem logística e paladar de cada pais) o Brasil é o único (ou um dos poucos) com o cheddar mc.

    SE for utilizada carne, ela é da pior qualidade possível!

  14. pedromenchik

    Boa tarde Juan,
    Gostaria de saber alguma fonte em que se consiga farinha de minhoca por R$40,00/kg (ou seja, 20% de R$200,00/kg, que foi o preço que eu mencionei). E mesmo que se consiga esse preço, ainda assim seriam 8 reais só de carne para cada sanduíche do exemplo, que continua sendo desvantajoso para o Mc Donald’s (afinal, a carne bovina acaba saindo no máximo 3 reais por sanduíche).
    O Mc Donald’s não segue apenas a legislação brasileira, mas se baseia numa norma de padrão e identidade internacional, extremamente rigorosa. Já trabalhei na Coca-Cola, grande fornecedor deles, e vi como são estritos na avaliação de produtos comprados, chegando ao absurdo de rejeitar lotes inteiros se uma caixa de papelão estiver amassada. Sobre as relações trabalhistas, infelizmente não tenho conhecimento para comentar.
    A propósito, nenhum hambúrguer industrializado é feito inteiramente de carne: eles contém amidos, gorduras e proteínas vegetais, conservantes, aromas, corantes, especiarias, etc (veja o post da salsicha para ter uma ideia). Por esse motivo é que o hambúrguer tem gosto tão diferente do caseiro. Isso sem contar o modo de preparo.
    O que existe, de acordo com a qualidade do hambúrguer, é uma % mínima de carne requerida pela legislação. Mas essa carne, no caso do Mc Donald’s, é sim 100% bovina (menos nos casos dos lanches de frango e peixe).

  15. Juan Pablo

    Cara, apesar de você argumentar muito bem, você errou em um ponto! Obviamente que a farinha proteica de minhoca é cara, porém quando comprada em grande quantidade esse valor pode chegar a bem menos de 20% do mencionado. Além do mais, o Mc é um empresa muito forte no Brasil (assim como outras) e não é tão simples multa/autuar, isso é uma ilusão. É só você pegar o exemplo atual das leis trabalhistas, faz MUITO tempo que o Mc obriga seus funcionários a comer somente lanche deles, e somente agora (duas semanas) que o ministério do trabalho multou a rede. Se o hambúrguer é feito de minhoca eu não sei, mas de carne 100% bovina…isso eu DUVIDO!

  16. Carol Amgarten

    ANIMAL!!!! Perfect 😉